sábado, maio 26, 2007

POIARES - Aerodromo do Bidoeiro

O Aeródromo das Lavegadas perfila-se como plataforma de apoio a toda a região. É um projecto que para muitos é «uma loucura», mas para Jaime Soares é concretizável e que vai transformar a face das Lavegadas e de S. Miguel e do próprio concelho. O Bidoeiro dentro de quatro anos deverá estar operacional. Se a Ota é possivel, porque não ha-de ser tambem o Bidoeiro?“O sonho comanda a vida. A maluqueira aconteceu e já está a tomar forma, com a construção da pista de 2.300 metros, uma operação que conta com o apoio do Regimento de Engenharia de Espinho. Jaime Soares que ao longo de tantos anos se encontra à frente de Poiares tinha que deixar obra feita se não parecia mal. Agora que não ha dinheiro e no fim da carreira, poderá vir com isto a entalar quem lhe suceder. «Não se consegue só num mandato, mas espera ainda a vir a acabá-lo, assim como o João Jardim. Quem vier que feche a porta. Em causa está um projecto que o próprio autarca considera gigantesco, mas que é passível de concretização se houver dinheiro. A prova está nos trabalhos que decorrem no terreno, que começaram com a desmatação do “plateau” da serra e que já se concentram na construção da pista. Alguem considerou o local como o ideal para um aeródromo. Pode ser uma ajuda no combate aos aos fogos florestais e com a pista a servir de grande extensão de corta fogo. Tambem pode ser um local de treinos nas prevenções aos fogos.
Voos charter.Trata-se do aproveitamento da infra-estrutura a criar para receber voos charter e desenvolver o turismo drural e de interior com o complexo da Serra de S.Pedro, outro sonho de Jaime Soares.
Uma pista que possa atingir cerca de 2.500 metros permite a aterragem de todo o tipo de aviões, com 100, 200 passageiros». Mas tendo «em conta que o país é pequeno», o afluxo previsto por Jaime Soares relativamente ao Bidueiro centra-se em voos charter com capacidade para entre 40 e 80 passageiros. «Uma situação agradável em termos de excursões, de equipas que se deslocam, para a região, para participarem em congressos ou fazerem turismo».«Aquela pista, depois de devidamente preparada e infraestruturada, pode constituir uma inquestionável plataforma de apoio para toda a região», apontando para as potencialidades, em termos de turismo e da gastronomia da chanfana e artesanato dos palitos.

14 comentários:

Anônimo disse...

A gastronomia, é deveras um ótimo reclame para promover o megalometro projecto, mas os palitos, aqueles que ele "põem" a uns e outros, ainda melhor. Quem vier a seguir que faça o necessário, o saneamento e pague os calotes, que ele faz para se promover.

Anônimo disse...

O projecto é um bom projecto, desde que cumpra com projectos de maior interesse nas aldeias do concelho, tudo bem! Agora se olhar sempre num sentido, tem tudo a perder. (Porque não manda por ecopontos em todas as aldeias, o saneamento e ....(tantas coisas).

Anônimo disse...

E de quem são os terrenos deste Aeródromo?
São da Câmara Municipal?

Anônimo disse...

Será que o Aerodromo "vai nascer" antes da ETAR?
Festas, brindes, chanfana poiaritos, confrades.... e a m.... que espere a céu aberto!

Anônimo disse...

Incrível o que se está a passar com o Aerodromo do Bidoeiro e no concelho de Poiares com as megalomanias e aleivosias do Jaime Soares.Ninguem consegue pôr este presidente de Camara na ordem.É decisão à Jardim na Madeira, só que a Madeira tem dinheiro e o Jaime só tem dividas para muitos anos.
Alguém responsável neste País sabera o que se decidiu sobre o Aerodromo ? Que plano? Que Projecto ??Quais os estudos que suportam tal projecto?Que rentabilidade? Donde vem o dinheiro ?
Quanta loucura?!!!
O Tribunal de Contas tem mais com que se preocupar do que com Poiares.
O Ministério Público diz e desdiz-se.
A Polícia judiciária está-se nas tintas.
Os ambientalistas só questionam ou levamtam problemas quando querem.
Os politicos comem à mesa com o Jaime as chanfanadas que o Povo de Poiares e os contribuintes em geral pagam.
O medo, a arrogância. o autismo, o caciquismo, a gestão danosa da Camara, imperam em Poiares e há alguem que tente por-lhes cobro ?? NÃO!!!!
Pobre Povo que não soube para que serviu o 25 de Abril. Serviu para muitos oportunistas!!

Anônimo disse...

Espero que esteja pronto no prazo previsto, é que já encomendei um airbus dos mais pequenos não vá acabar o alcatrão! Será a nova ota mas em miniatura como quase tudo o que se faz por aqui. Os poiarenses só se podem queixar de si próprios que são quem impedem que ele ainda não tenha saido, portanto continuem a cagar para a fossa e mais nada.

Anônimo disse...

Alto e pára o baile, anónimo das 11:35h ! :-)
Eu NUNCA votei no dito cujo (presidente) !
Quanto ao Aeródromo... Haja pacìência!
Temos povoacões circundantes à sede do Concelho sem saneamento básico, acessos que mais parecem caminhos de cabras (e coitadas das cabras), escolas que metem "nojo" até à porcaria, um parque automóvel para transportar centenas de alunos que estão verdaddeiramente a dar o "berro",famílias em situação de verdadeiro desespero, sem recursos e sem ajuda da autarquia mas pasmemos: um Aeródromo em Vila Nova de Poiares!!! Mais concretamente na Serra do Bidoeiro.
Para isso há €´s?
Continuem a votar no mesmo, continuem e depois não digam que eu não avisei!
Para aqueles que nunca nele votaram, continuem assim camaradas, havemos de abrir os olhos aos menos informados e tapar os daqueles que nele votam porque lhes "interessa".

pega de cernelha disse...

Mas isto é tudo gente maluca. Quando este presidente sair quem é que vai pagar as dividas contraidas por este maluco? Com esta situação, haverá alguem que queira ser presidente desta terra? Desgraçado de quem tiver a incumbencia de pagar os calotes todos que contraiu.
Depois dele sair será indecente fazerem o que fizeram ao vale e Azevedo. Nessa altura metem-no dentro, não havendo depois nenhum comparsa que o defenda.Pelo contrario ate o enterram vivo.Episam-lhe a cabeça para ver se fica bem enterrado como diziam os tipos da tasca.

Anônimo disse...

Se eu fosse o presidente da Câmara de POiares (credo!) estaria já com algum receio no que toca à construção do Aeródromo na Serra do Bidoeiro.
Se na minha freguesia construíssem uma coisa dessas eu tudo faria para que ela (freguesia) fosse promovida a sede do Concelho.
E já agora: fica do lado da freguesia das Lavegadas ou da de S.Miguel?
Ficará meio por meio?
A pista será de alcatrão? Convém (digo eu!)
Também poderão aterrar carritos?

poiarense de raça disse...

Vou ja começar a comprar terrenos na serra para depois urbanizar e vender. Sempre dara mais do que andar a negociar sucata.

Anônimo disse...

Os terrenos já estão loteados?
Também quero um lote.
Vou montar uma sucata. (o nome dela não é esse mas não queriam que eu aqui divulgasse, não é assim?)

Anônimo disse...

Naquele sítio, no bidoeiro, como lhe chamam, dá muito para uma cultura de miscaros!... Sabem o que é? Nascem debaixo da terra e depois morrem se ninguém der por eles!... Ali vai suceder o mesmo, ninguém da por aquele espaço, logo está condenado à nascença... Depois como os fogos "entre as pernas das cabras velhas" tipo "es"carrito e irenes estão mortos à nascença, lá se vai a pista.

Anônimo disse...

Umas questões recorrentes:

De quem são os terrenos?

Da Câmara?
Baldios dos compartes e da(s) Junta(s) de Freguesia?
De particulares?
E, neste caso, de quem em concreto?

Era bom saber-se a resposta a estas quesões para evitar "golpes" e especulações.

Anônimo disse...

Mas quem autorizou que se andassem a movimentar os terrenos? O que andou a fazer o Ministerio da Agricultura. E que PDM autoriza tal desacato?
Quemn autorizou o derrube de arvores e a aniquilação dos bidoeiros, arvores ou arbustos que deram nome aquela serra e às centenas de sobreiros que lá existiam?